Igreja de
Sao Joao Batista

Rua São João, 1363
Lagoa Seca, Natal/RN.

Igreja de
Santo Antonio

Av. Sen. Salgado Filho
Lagoa Nova, Natal/RN.

Igreja do
Cristo Redentor

Rua da Aurora, 62
Lagoa Nova, Natal/RN.

Igreja de
N. Sra. do Monte Libano

R Dr. José Borges, 1483
Lagoa Nova, Natal/RN.

PROGRAMA   MANHÃ COM DEUS   TODOS  OS  DOMINGOS  NA  RÁDIO  87,9FM.

Tenha um domingo diferente! Sintonize seu Rádio no Canal 87,9FM e participe do Programa "Manhã com Deus", tocando o seu coração!

HORÁRIO: 10h às 12h30      |       RÁDIO: 87,9FM NATAL       |       TEL.: (84) 3605-6029 / 2010-8700       |       LOCUTOR: Jailson Santos

 

Artigos em Destaque

08.SET- São Sérgio I (+701)

Papa (+701)

Nascido em Palermo, numa data desconhecida, Sérgio foi eleito papa em 15 de dezembro de 687. Logo em seguida, chegou, da Bretanha, o rei pagão Ceadwalla, soberano de Wessex, o qual desejava tornar-se cristão, recebendo o batismo diretamente das mãos do papa Sérgio I, adotando o nome de Pedro.

Sérgio I foi um papa muito popular, por ter sido um homem de fé, de oração. Antes de tornar-se sacerdote, já era famoso na Schola Cantorum. Depois de ordenado, tornou-se um personagem eminente do clero. Quando morreu o papa Cónon, em 687, foi indicado para sucedê-lo.


Naquela época, os imperadores romanos do Ocidente e do Oriente reclamavam para si a autoridade de pontífice, não aceitando estar abaixo do papa, mesmo em questões de fé. Os papas que iam contra essa exigência eram forçados a aceitá-la, ou morriam. Um exemplo foi o papa Martinho I, que foi morto pelo imperador do Oriente, Constante II.

Agora, Justiniano II, imperador do Oriente, desejava impor a Roma e a todos os cristãos as normas disciplinares adotadas em um concílio composto somente de bispos orientais, efetuado em Constantinopla. Assim, ele mandou o respectivo decreto para aprovação do papa Sérgio I.

Entre outras coisas, o decreto terminava com o celibato sacerdotal. Sérgio negou-se, terminantemente, a aprovar tal decreto. Justiniano, então, enviou um alto dignitário, Zacarias, para prendê-lo e deportá-lo a Constantinopla, a exemplo de Martinho I. Porém, Zacarias foi recebido pelas milícias formadas pelo povo que tentava ajudar Sérgio. Eram milhares de pessoas revoltadas pelos desmandos do imperador que circundavam o palácio Lateranense, residência do papa.

Zacarias procurou fugir, porém foi pego pelas milícias. Sérgio foi em seu socorro, libertou-o e o perdoou. Mandou que retornasse ao seu imperador, ileso. Justiniano nada podia fazer para combater a popularidade desse papa. A vontade de Roma permaneceu, bem como o celibato em toda a Igreja Católica.

Apesar desses acontecimentos, o pontificado de Sérgio I foi marcado pela paz religiosa, numa época de muitas divergências teológicas a respeito da pessoa e da natureza de Cristo. Em seus 14 anos de pontificado, Sérgio I trabalhou para o enriquecimento da liturgia. Deve-se a ele o canto do 'Agnus Dei' durante a missa.

Sérgio morreu aos 8 de setembro de 701 e foi sepultado na antiga Basílica de São Pedro.

Texto: Paulinas Internet
Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Versículo do Dia

Informações


+ Rua São João, 1363, Lagoa Seca, Natal/RN.

+ Tel.: (84) 3615-2871

+ pascom@paroquiasaojoaonatal.org.br

+ Pároco: Pe. Marcelo C. Cruz

+ Secretaria: 08h às 11h | 13h30 às 17h30

Link's Úteis

Arquidiocese de Natal CNBB Vaticano
 Biblia Catolica Radios Net  Radio Sao Joao