Igreja de
Sao Joao Batista

Rua São João, 1363
Lagoa Seca, Natal/RN.

Igreja de
Santo Antonio

Av. Sen. Salgado Filho
Lagoa Nova, Natal/RN.

Igreja do
Cristo Redentor

Rua da Aurora, 62
Lagoa Nova, Natal/RN.

Igreja de
N. Sra. do Monte Libano

R Dr. José Borges, 1483
Lagoa Nova, Natal/RN.

PROGRAMA   MANHÃ COM DEUS   TODOS  OS  DOMINGOS  |  RÁDIO  87,9FM.

Tenha um domingo diferente! Sintonize seu Rádio no Canal 87,9FM e participe do Programa "Manhã com Deus", tocando o seu coração!

HORÁRIO: 10h às 12h30      |       RÁDIO: 87,9FM NATAL       |       TEL.: (84) 3605-6029 / 2010-8700       |       LOCUTOR: Jailson Santos

 

FORMAÇÃO DOUTRINÁRIA

FACILITADOR (A)
Aldair Dantas

TEMA Decretos: Optatam Totius, Apostolicam Actuositatem e Inter Merifica.
(Ações do Apostolado)
DATA/HORA 23 de Outubro às 19h30
LOCAL Salão Paroquial Igreja Matriz de SJB

 

Artigos em Destaque

Domingo, 19 de Março, 3º Domingo da Quaresma

Primeira Leitura: Ex 17,3-7

Naqueles dias: 3 Sofrendo ali sede, o povo continuou a murmurar contra Moisés, dizendo: “Por que nos fizeste subir do Egito? Foi para fazer-nos morrer de sede, a nós, a nossos filhos e a nosso gado?”. 4 Moisés clamou então a Javé: “Que farei para este povo? Ainda um pouco e me apedrejarão!” 5 Respondeu Javé a Moisés: “Passa na frente do povo e toma contigo alguns dos anciãos de Israel.

Empunha o “bastão com que feriste o Nilo e vai! 6 Eu estarei lá, diante de ti, sobre a rocha, em seco. Baterás na rocha e dela sairá água para o povo beber”. Moisés fez exatamente isto, na presença dos anciãos de Israel. 7 E deu ao lugar o nome de Massá da Tentação e Meribá da Contenda. Isto por causa da altercação dos filhos de Israel, e porque tentaram a Javé, dizendo: “Está Javé no meio de nós, ou não?”.


Salmo: Sl 94(95),1-2.6-7.8-9 (R: 8)

R. Não fecheis o coração, ouví, hoje, a voz de Deus!

1 Vinde, e alegres cantemos ao Senhor, aclamemos a Rocha que nos salva! 2 Corramos junto a ele, dando graças; com cânticos e hinos o aclamemos!

6 Entremos e prostrados o adoremos; de joelhos ante o Deus que nos criou! 7 É ele o nosso Deus, nós o seu povo, rebanho que conduz com sua mão!

8 Que bom se hoje escutásseis sua voz: “Não sejais duros como no deserto, e no dia da prova e desafio, 9 quando por vossos pais fui provocado, embora houvessem visto os meus prodígios!


Segunda Leitura: Rm 5,1-2.5-8

1 Assim, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por meio de Jesus Cristo nosso Senhor. 2 Pela sua mediação temos acesso por meio da fé a esta graça em que agora vivemos alimentando a esperança da glória de Deus. Por isso nos alegramos na esperança de participar da glória de Deus. 5 E a esperança não engana. Porque Deus derramou o seu amor em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado. 6 Sim, quando ainda estávamos sem força, no tempo devido, Cristo morreu pelos maus. 7 É difícil que alguém queira morrer por uma pessoa justa. Talvez alguém tenha a coragem de morrer por uma pessoa amável. 8 Mas Deus mostra seu amor para conosco pelo fato de Cristo ter morrido por nós, quando ainda éramos pecadores.


Evangelho: Jo 4,5-42

Naquele tempo Jesus 5 chegou perto de uma cidade da Samaria chamada Sicar, próxima da propriedade que Jacó dera a seu filho José. 6 Havia ali o poço de Jacó; Jesus, cansado da viagem, sentou-se à beira do poço. Era, mais ou menos meio-dia. 7 Veio uma mulher da Samaria buscar água. Jesus disse: “Dá-me de beber!”. 8 Seus discípulos tinham ido à cidade comprar mantimentos. 9 A samaritana respondeu: “Como é que tu, sendo judeu, pedes de beber a mim, uma samaritana?”. Os judeus, de fato, não se dão com os samaritanos. 10 Jesus respondeu: “Se conhecesses o dom de Deus e quem é aquele que te diz: ‘Dá-me de beber!’ tu é que lhe pedirias e ele te daria água da vida”. 11 A mulher observou: “Senhor, nem tens um balde e o poço é fundo; de onde vais apanhar á água da vida? 12 Serás maior que nosso pai Jacó que nos deu este poço, do qual ele bebeu, bem como seus filhos e seus animais?”. 13 Jesus respondeu: “Quem bebe desta água terá sede novamente; 14 mas quem beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede: porque a água que eu lhe der, nele se tornará em fonte de água corrente, para a vida eterna”: 15 A mulher lhe suplicou: “Senhor, dá-me dessa água, para que eu não tenha mais sede e não tenha mais de vir aqui buscá-la”. 16 Jesus lhe ordenou: “Vai, chama teu marido e volta aqui’’. 17 A mulher respondeu: “Não tenho marido”. E Jesus lhe disse: “Tens razão em dizer que não tens marido, 18 porque tiveste cinco e o que tens agora não é também teu marido; nesse ponto, disseste a verdade”. 19 A mulher lhe confessou: “Senhor, vejo que és profeta… 20 Nossos pais adoraram neste monte e vós dizeis que em Jerusalém é que se encontra o lugar onde devemos adorar a Deus”. 21 Jesus lhe disse: “Mulher, crê em mim, vem a hora em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai. 22 Adorais o que não conheceis e nós adoramos o que conhecemos, porque a salvação vem dos judeus. 23 Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e verdade. Adoradores como estes é que o Pai deseja. 24 Deus é espírito, e os que o adoram, devem adorar em espírito e verdade”. 25 A mulher disse: “Sei que um Messias deve vir — aquele que é chamado Cristo. Quando vier, ele nos ensinará todas as coisas”. 26 Jesus declarou: “Eu sou o Cristo, eu que estou falando contigo”. A messe abundante. 27 Nisto, chegaram os discípulos e ficaram surpresos de que ele falasse com uma mulher. Mas ninguém o interrogou: “Que lhe perguntas?” ou “Por que falas com ela?”. 28 A mulher deixou sua vasilha e foi à cidade, dizendo a todos: 29 “Vinde e vede um homem que me contou tudo o que fiz! Será por acaso o Cristo?”. 30 Os habitantes da cidade saíram ao encontro dele. 31 Entretanto, seus discípulos pediam-lhe: “Rabi, come”. 32 Mas ele respondeu: “Eu tenho para comer um alimento que não conheceis”. 33 Os discípulos perguntavam uns aos outros: “Será que alguém lhe trouxe de comer?”. 34 Jesus afirmou: “Meu alimento é fazer a vontade daquele que me enviou e levar a cabo a sua obra. 35 Vós não dizeis: ‘Mais quatro meses e virá a colheita?’. Eu vos digo: levantai os olhos e contemplai os campos já brancos, prontos para a colheita. Agora, 36 quem colhe recebe a paga e tira o fruto para a vida eterna, de sorte que o semeador compartilhe da alegria de quem colhe. 37 Nisto o ditado está certo: ‘um planta e outro colhe’. 38 Eu vos mandei colher o que não é fruto do vosso trabalho; outros trabalham e vós herdais o fruto de suas penas”. 39 Muitos samaritanos daquela cidade creram nele por causa deste testemunho da mulher: “Ele me revelou tudo o que fiz”. 40 Os samaritanos chegaram perto dele e lhe pediram que ficasse entre eles. E ele ficou dois dias ali. 41 Ainda muitos outros creram, por causa da sua palavra. 42 E diziam à mulher: “Já não cremos apenas pelo que disseste. Nós mesmos ouvimos e sabemos que ele é verdadeiramente o salvador do mundo”.

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Versículo do Dia

Informações


+ Rua São João, 1363, Lagoa Seca, Natal/RN.

+ Tel.: (84) 3615-2871

+ pascom@paroquiasaojoaonatal.org.br

+ Pároco: Pe. Marcelo C. Cruz

+ Secretaria: 08h às 11h | 13h30 às 17h30

Link's Úteis

Arquidiocese de Natal CNBB Vaticano
 Biblia Catolica Radios Net  Radio Sao Joao

 

!-- Piwik -->