Igreja de
Sao Joao Batista

Rua São João, 1363
Lagoa Seca, Natal/RN.

Igreja de
Santo Antonio

Av. Sen. Salgado Filho
Lagoa Nova, Natal/RN.

Igreja do
Cristo Redentor

Rua da Aurora, 62
Lagoa Nova, Natal/RN.

Igreja de
N. Sra. do Monte Libano

R Dr. José Borges, 1483
Lagoa Nova, Natal/RN.

PROGRAMA   MANHÃ COM DEUS   TODOS  OS  DOMINGOS  |  RÁDIO  87,9FM.

Tenha um domingo diferente! Sintonize seu Rádio no Canal 87,9FM e participe do Programa "Manhã com Deus", tocando o seu coração!

HORÁRIO: 10h às 12h30      |       RÁDIO: 87,9FM NATAL       |       TEL.: (84) 3605-6029 / 2010-8700       |       LOCUTOR: Jailson Santos

 

FORMAÇÃO LITÚRGICA

FACILITADOR
Eduardo Braúlio

TEMA Ministros e o povo
DATA/HORA 16 de Outubro às 19h30
LOCAL Salão Paroquial Igreja Matriz de SJB

 

Artigos em Destaque

4ª-feira, 09 de Agosto, 18ª Semana do Tempo Comum

Primeira Leitura: Nm 13,1-2.25-14,1.26-30.34-35

1 Falou, então, Javé a Moisés, assim: 2 “Envia da tua parte alguns homens para reconhecer o país de Canaã, que eu quero dar aos filhos de Israel; vós enviareis um representante de cada tribo dos vossos pais; e que sejam todos dentre os principais do povo”.25 Ao cabo de quarenta dias, voltaram os exploradores do país de Canaã. 26 Foram procurar Moisés, Aarão e toda a comunidade dos filhos de Israel, em Cades, no deserto de Faran, apresentando-lhes um relato, bem como a toda a comunidade, mostrando-lhes os frutos do país.

27 Relataram a Moisés, nestes termos: “Fomos ao país ao qual nos enviaste; de fato, corre ali leite e mel. 28 As cidades são fortificadas e muito grandes; vimos lá os descendentes de Anac. 29 É Amalec quem habita no país de Negebe; os heteus, os jebuseus e os amorreus moram nas montanhas, e o cananeu à borda do mar e às margens do Jordão”. 30 Neste ínterim, procurava Caleb acalmar o povo que se ia irritando contra Moisés, e lhe disse: “Subiremos sem tardar e conquistaremos o país, porque, com certeza, o podemos fazer”. 31 Porém, os que com ele haviam ido reconhecer o país disseram: “Nós não estamos em condições de lutar contra aquela gente, porquanto são mais fortes do que nós”. 32 E relataram aos filhos de Israel coisas inexatas, a respeito da região que haviam visto, acrescentando: “O país que percorremos para o reconhecimento é terra que devora seus habitantes, e todos os que vimos são homens extraordinariamente grandes. 33 Vimos, ali, Decaídos descendentes de Anac, da raça dos Decaídos; nós, aos nossos próprios olhos, éramos como gafanhotos em comparação a eles e o éramos, igualmente, aos olhos deles”.14,1 Então, toda a comunidade prorrompeu em altas vozes, clamando e lamentando-se por toda aquela noite. 26 Dirigiu-se Javé a Moisés e Aarão, nestes termos: 27 “Até quando hei de tolerar a murmuração desta multidão perversa, contra mim? Tenho ouvido as queixas que os filhos de Israel proferem contra mim. 28 Dize-lhes, pois: assim como é verdade que eu vivo, oráculo de Javé, e do mesmo modo como haveis clamado aos meus ouvidos, assim farei convosco. 29 Vossos cadáveres serão estendidos no deserto; todos vós, dos quais fora feito o recenseamento desde os vinte anos para cima, vós que tendes murmurado contra mim. 30 Nenhum, sequer, dentre vós, entrará no país em que eu havia jurado estabelecer-vos, à exceção de Caleb, filho de Jefoné, e de Josué, filho de Nun.34 Conforme o número de dias que tendes empregado para o reconhecimento do país, ou seja, quarenta, tantos anos quantos os dias, ou seja, quarenta anos, levareis o castigo de vossas iniquidades, sabereis assim o que significa minha hostilidade. 35 Eu, Javé, é que vos tenho dito; sim, será deste modo que hei de tratar esta multidão perversa que se insurgiu contra mim; serão aniquilados no deserto; hão de morrer ali”.


Salmo: Sl 105,6-7a. 13-14. 21-22. 23 (R. 4a)

R. Vem a nós, ó Senhor, que amas teu povo.

6 Pecamos, como outrora nossos pais, saímos do caminho e murmuramos. 7a Não tiveram no Egito entendimento, os prodígios de Deus não compreenderam.

13 Mas depressa esqueceram o que fizera e já não confiaram nos seus planos; 14 arderam de cobiça no deserto, provocaram a Deus na solidão.

21 Esqueciam o Deus que os tinha salvo, que fizera no Egito grandes coisas: 22 prodígios operados contra Cam e maravilhas ante o mar Vermelho.

23 E Deus pensava então em suprimi-los, se não fora Moisés, o seu eleito, que postou-se na brecha diante dele, para afastar do povo a sua ira.


Evangelho: Mt 15,21-28

21 Partindo dali, retirou-se Jesus para a região de Tiro e de Sidon. 22 Aconteceu que uma mulher cananeia, saindo de lá, começou a gritar: “Tem piedade de mim, Senhor, Filho de Davi! Minha filha está sendo muito atormentada por um demônio!”. 23 Mas ele não respondeu nada. Então, os discípulos se aproximaram e pediram:“Atendei-a, pois está gritando atrás de nós!”.24 Ele então respondeu:“Não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel”. 25 Mas a mulher foi se prostrar diante dele e disse: “Senhor, ajuda-me!”. 26 Ele respondeu de novo: “Não convém tomar o pão dos filhos e atirá-lo aos cachorrinhos”.27 Ela replicou: “É verdade, Senhor! Pois justamente os cachorrinhos comem as migalhas que caem da mesa dos seus donos!”.28 Então disse Jesus finalmente: “Ó mulher, é grande a tua fé! Que te seja feito o que desejas!” E sua filha ficou curada desde aquele instante.

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Versículo do Dia

Informações


+ Rua São João, 1363, Lagoa Seca, Natal/RN.

+ Tel.: (84) 3615-2871

+ pascom@paroquiasaojoaonatal.org.br

+ Pároco: Pe. Marcelo C. Cruz

+ Secretaria: 08h às 11h | 13h30 às 17h30

Link's Úteis

Arquidiocese de Natal CNBB Vaticano
 Biblia Catolica Radios Net  Radio Sao Joao

 

!-- Piwik -->