Secretaria: (84) 3615-2871 
        

igrea,

  • Ofício festivo

    A Festa da Exaltação da Santa Cruz é de antiga data: remonta a 335, quando foram inauguradas – ou melhor, dedicadas – as duas basílicas constantinianas de Jerusalém no Gólgota: Ad Crucem e Anàstasis ou Ressurreição. Entretanto, a celebração deste dia não pretende recordar somente o reencontro da Cruz (obra da piedosa Helena, mãe de Constantino) e a dedicação das duas basílicas.

    Neste dia, como naquela época, todo cristão deve fortificar a própria alma com a imagem salvífica do crucifixo e de seu triunfo final com a ressurreição, pois a exaltação de Cristo Crucificado passa pelo sacrifício do Gólgota; a antítese sofrimento-glorificação se torna fundamental na história da redenção e em toda pessoa redimida pelo crucifixo. A cruz se torna o símbolo e o compêndio da religião cristã.

  • Bispo e doutor da Igreja (354 - 430)

    Aurélio Agostinho nasceu no dia 13 de novembro de 354, na cidade de Tagaste, hoje região da Argélia, na África. Era o primogênito de Patrício, um pequeno proprietário de terras, pagão. Sua mãe, ao contrário, era uma devota cristã, que agora celebramos como santa Mônica, no dia 27 de agosto. Mônica procurou criar o filho no seguimento de Cristo. Não foi uma tarefa fácil. Aliás, ela até adiou o seu batismo, receando que ele o profanasse. Mas a exemplo do provérbio que diz que 'a luz não pode ficar oculta', ela entendeu que Agostinho era essa luz.

    Aos 16 anos de idade, na exuberância da adolescência, foi estudar fora de casa. Na oportunidade, envolveu-se com a heresia maniqueísta e também passou a conviver com uma moça cartaginense, que lhe deu, em 372, um filho, Adeodato.

  • Está acontecendo desde o início da manhã de hoje, 24 de novembro, no Mardunnas Hotel e Eventos, no município de Nísia Floresta a 56ª Assembleia Diocesana de Pastoral que definirá os caminhos da Arquidiocese de Natal para o ano de 2017.

    O objetivo desta Assembleia será, o de construir juntos, ações para o ano de 2017. A missão e a visão de futuro, estabelecidas no Marco Referencial devem ser vividas e, também, rezadas por toda a Igreja como estímulo e provocação.

    A Paróquia de São João Batista está presente no encontro com a Articuladora Paroquial, Ioneide Cabral e o Pároco Padre Marcelo Cezarino.

  • Queridos irmãos e irmãs da Paróquia de São João Batista, estimados internautas.
    Mais uma semana se inicia, oxalá que na graça e no amor de Jesus Cristo, que é para nós um modelo de pastor, modelo de vocação.

    Neste momento tão especial em que celebramos o mês vocacional, e na liturgia o 19º domingo do tempo comum.

    Somos convidados a refletir neste mês de agosto cada vocação específica e olhar para a Sagrada Escritura, e encontrar modelos vocacionais. Nós podemos experimentar a vocação de Abraão; nós podemos conhecer a vocação dos apóstolos, a vocação dos profetas; mas acima de tudo a vocação de Nossa Senhora. A vocacionada do Pai, modelo pronto e acabado de vocação.

Versículo do Dia

Informações


+ Rua São João, 1363, Lagoa Seca, Natal/RN.

+ Tel.: (84) 3615-2871

+ pascom@paroquiasaojoaonatal.org.br

+ Pároco: Pe. Marcelo C. Cruz

+ Secretaria: 08h às 11h | 13h30 às 17h30

Link's Úteis

Arquidiocese de Natal CNBB Vaticano
 Biblia Catolica Radios Net  Radio Sao Joao

 

!-- Piwik -->