sacerdote,

  • Cidade o Vaticano (RV) – O Papa Francisco celebrou na manhã desta terça-feira a Santa Missa na Capela da Casa Santa Marta. No centro da sua homilia esteve a primeira Leitura tirada dos Atos dos Apóstolos, que se pode intitular - disse Francisco – “A despedida de um bispo”. Paulo se despede da Igreja de Éfeso, que ele havia fundado. “Agora deve ir:

    “Todos os pastores devem se despedir. Chega um momento em que o Senhor nos diz: vai para outro lugar, vai para lá, vem para cá, venha a mim. E um dos passos que deve fazer um pastor é também preparar-se para se despedir bem, não se despedir à metade. O pastor que não aprende a se despedir é porque tem alguma ligação não boa com o rebanho, um vínculo que não é purificado pela Cruz de Jesus”.

  • A Rádio Rural de Natal AM 1090 recebeu, nesta quarta-feira, 6, o boleto bancário correspondente ao valor da outorga estipulada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. A outorga é a autorização que o Ministério dá para que a Rádio migre da faixa AM para FM. O boleto, no valor de 215 mil reais, será pago com recursos do 1º Evangelizar é Preciso Natal, realizado em agosto do ano passado, com a participação do Padre Reginaldo Manzotti.

    Segundo o diretor da Emissora, Padre Sávio Ribeiro, mesmo pagando o boleto com o valor estipulado pelo Ministério das Comunicações, ainda será necessário adquirir em torno de 750 mil reais.

  • Queridos irmãos  irmãs, paroquianos da Paróquia de São João Batista, aqui em Lagoa Seca. Irmãos e irmãos internautas.

    O domingo, dia do Senhor, é sempre uma oportunidade que temos de render graças a Deus pela semana que termina, e pedir forças a Deus para viver bem a semana que se inicia.

    A palavra que ouvimos no evangelho dominical norteia a nossa vida durante toda a semana. E neste domingo no qual celebramos o 18º do tempo comum, a grande exortação de Jesus Cristo foi para que possamos combater o pecado da avareza, o acúmulo do dia a dia que na vida o cristão deve proceder de forma diferente.

    Portanto, três coisas precisamos considerar diante da liturgia que celebramos.

  • Queridos irmãos e irmãs da Paróquia de São João Batista, estimados internautas.
    Mais uma semana se inicia, oxalá que na graça e no amor de Jesus Cristo, que é para nós um modelo de pastor, modelo de vocação.

    Neste momento tão especial em que celebramos o mês vocacional, e na liturgia o 19º domingo do tempo comum.

    Somos convidados a refletir neste mês de agosto cada vocação específica e olhar para a Sagrada Escritura, e encontrar modelos vocacionais. Nós podemos experimentar a vocação de Abraão; nós podemos conhecer a vocação dos apóstolos, a vocação dos profetas; mas acima de tudo a vocação de Nossa Senhora. A vocacionada do Pai, modelo pronto e acabado de vocação.

  • Queridos irmãos e irmãs, filhos e filhas de Deus.

    Estamos iniciando uma semana em que o desejo de orar, de rezar, se fez presente no coração dos discípulos de Jesus Cristo, especialmente aquele que aproximando-se de Jesus pediu: Senhor, ensina-nos a rezar. Esse desejo deve ser constante em nossa vida. Esse rezar é bom, aprender com o mestre, melhor ainda.

    Naquela ocasião, Jesus, ensinou que na verdade a oração do homem deve ser sempre um ato de confiança em Deus.

    Na oração do Pai-Nosso apresentada pelo próprio Jesus, tem na sua estrutura 7 pedidos importantes para a nossa vida. Aqui nós queremos mencionar dois:

  • Três palavras permeiam a liturgia e norteiam a nossa vida, neste 5º domingo do tempo comum: Santidade, Graça e Obediência.

    Na primeira leitura, que nos deparamos com o Profeta Isaías, nos é apresentada a concepção de um bom judeu. Reconhecendo a grandeza de Deus, a santidade do Senhor, ele diz por três vezes: "Santo, santo, santo". Mas tantas e quantas vezes na vida, nós precisamos rever o conceito de santidade, aquilo que temos por definição. Imaginamos muitas vezes que, ser santo é viver isolado; que ser santo é fugir da ocasião de pecado; que ser santo é não viver nesse mundo. E nos últimos tempos, por meio dos documentos pontifícios, a Igreja tem nos ensinado que o mistério da encarnação de Jesus, diz o contrário: ser santo, não é fugir da ocasião de pecado, mas sim conviver com o pecado e não pecar; ser santo é ter um senso de justiça; é celebrar sua pertença a Deus. A partir daí, nós podemos entrar na lógica de Deus, fazer parte do projeto de Deus, mas nunca fugindo do mundo em que vivemos, do solo em que pisamos, do ambiente em que estamos.

    O profeta, então, repleto da força do Senhor, pôde dizer: aqui estou, envia-me. Santo, é aquele que se configura à vontade de Deus e aos ensinamentos do Senhor.

  • Queridos irmãos e irmãs, o bom e amado criador, nos concede a oportunidade de refletirmos mais uma vez a sua palavra.

    Neste itinerário que nos leva ao nascimento de seu filho, o advento. Neste 3º domingo, em que celebramos o domingo da alegria. Esta que brota do coração do próprio Deus, e gera no coração de cada cristão a felicidade e a pertença ao seu reino.

    Ouvindo a palavra do Senhor, nos deparamos com a figura do profeta João Batista, que encontra-se no cárcere, e envia seus discípulos para questionar Jesus. Para saber se Ele é mesmo o Messias, ou se deve esperar alguém. A resposta de Jesus, é uma resposta objetiva. Jesus apresenta o que está sendo feito, pede que digam a João o que eles contemplam para que o próprio João possa tirar as suas conclusões.

Versículo do Dia

Informações


+ Rua São João, 1363, Lagoa Seca, Natal/RN.

+ Tel.: (84) 3615-2871

+ pascom@paroquiasaojoaonatal.org.br

+ Pároco: Pe. Marcelo C. Cruz

+ Secretaria: 08h às 11h | 13h30 às 17h30

Link's Úteis

Arquidiocese de Natal CNBB Vaticano
 Biblia Catolica Radios Net  Radio Sao Joao

 

!-- Piwik -->