Dioceses divulgam orientações para reabertura das Igrejas

O arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha; o bispo da Diocese de Mossoró, Dom Mariano Manzana, e o bispo da Diocese de Caicó, Dom Antônio Carlos Cruz, publicaram um decreto, nesta segunda-feira, 27 de julho, sobre a reabertura dos templos da Igreja Católica, no Rio Grande do Norte. Junto com o decreto, os bispos da Província Eclesiástica de Natal, também publicaram um conjunto de orientações para os padres e fiéis, acerca da volta às celebrações presenciais.

Arquidiocese de Natal e organizações sociais doam 900 cestas básicas para famílias em vulnerabilidade

A Arquidiocese de Natal por meio Serviço de Assistência Rural e Urbano - SAR distribuiu 900 (novecentas) cestas básicas para a população mais vulnerável à pandemia do Coronavírus: pessoas que moram em bolsões de pobreza, que tem famílias numerosas, sem renda, grupos populares de segmentos dos povos e comunidades tradicionais (indígenas, quilombolas, ciganos, matriz africana, pescadores artesanais, mulheres marisqueiras, circenses, entre outros), segmentos com pouco acesso a moradia, à alimentação, à água, a documentação, entre outras situações de extrema pobreza.

Como foi anunciado, foram 1800 cestas básicas que seriam distribuídas em duas etapas. A primeira etapa foi realizada no início de maio, quando foram distribuídas 900 cestas; agora para fechar a conta, as outras 900 cestas, entregues no último final de semana, as famílias.

Arquidiocese de Natal e organizações sociais se unem para doar mais de 70 toneladas de alimentos a famílias em situação de vulnerabilidade social

No Rio Grande do Norte, desde o fim de março, as igrejas estão fechadas, medida importante para prevenir o acelerado avanço da contaminação pelo Coronavírus. Além das ações de orientação e prevenção desenvolvidas pelas organizações sociais ligadas a igreja católica, elos de solidariedade se formaram para apoiar a população mais vulnerável à pandemia do Coronavírus: pessoas que moram em bolsões de pobreza, que tem famílias numerosas, sem renda, grupos populares como os circenses, além de segmentos dos povos e comunidades tradicionais (indígenas, quilombolas, ciganos, matriz africana, pescadores artesanais, mulheres marisqueiras, entre outros), segmentos com pouco acesso a moradia, à alimentação, à água, a documentação, entre outras situações de extrema pobreza.

Festa da Padroeira de Natal começa dia 11 de novembro

Os festejos acontecerão no período de 11 a 21 de novembro, com várias atividades religiosas e culturais, na antiga Catedral e na Catedral Metropolitana.

A programação da festa de Nossa Senhora da Apresentação, padroeira da Arquidiocese e da cidade do Natal, tem início domingo, dia 11. Às 18 horas, acontecerá procissão, com as capelinhas contendo a imagem de Nossa Senhora, saindo da antiga Catedral para a Catedral Metropolitana, onde será celebrada a missa de abertura.

No período de 12 a 20 de novembro, será desenvolvida uma vasta programação religiosa e cultural na antiga Catedral e na Catedral Metropolitana. Na antiga Catedral, diariamente, às 5h30, acontecerá caminhada penitencial e missa e, a partir das 16h30, louvores a Nossa Senhora e missa. Já, na Catedral Metropolitana, haverá celebração de missa em vários horários, durante o dia; às 18h, será recitado o terço, e, às 19 horas, novena, seguida de quermesse.

Morre pároco emérito de Angicos

“Vinde, benditos de meu Pai” (Mt 25,34)

A Arquidiocese de Natal cumpre o doloroso dever de comunicar o falecimento do Monsenhor Francisco das Chagas Pereira Pinto, ocorrido no final da tarde deste domingo, 21, na cidade de Angicos, onde residia. O corpo será velado na Igreja Matriz de São José, em Angicos. Nesta segunda-feira, às 7 horas, será conduzido para a cidade de Fernando Pedroza, onde, às 9h, será celebrada missa, na Igreja de São Joaquim. Em seguida, o corpo retornará para a Igreja Matriz, em Angicos, onde às 16 horas, será celebrada missa, presidida pelo arcebispo metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha. Em seguida, acontecerá o sepultamento, no cemitério municipal.

Monsenhor Pinto, como era conhecido, nasceu em 26 de setembro de 1926. Por quase 50 anos foi pároco da Paróquia de São José, em Angicos  e Fernando Pedroza. Atualmente, com 91 anos de idade,  era o padre mais idoso do clero da Arquidiocese de Natal.

FOTO: Divulgação/Pascom Arquidiocesana

Versículo do Dia

Informações


+ Rua São João, 1363, Lagoa Seca, Natal/RN.

+ Tel.: (84) 3615-2871

+ pascom@paroquiasaojoaonatal.org.br

+ Pároco: Pe. Marcelo C. Cruz

+ Secretaria: 08h às 11h | 13h30 às 17h30

Link's Úteis

Arquidiocese de Natal CNBB Vaticano
 Biblia Catolica Radios Net  Radio Sao Joao

 

!-- Piwik -->