Secretaria: (84) 3615-2871 
        

Quem para em Herodes, não chega a mangedoura...

0
0
0
s2smodern

Estimados irmãos e irmãs, paroquianos e paroquianas, é com muita alegria que nós estamos encerrando este tempo bonito do natal do Senhor, celebrando a Epifania. Como sabemos, a palavra "Epifania" é de origem grega "epiphanéia", que significa "manifestação". Manifestação de Deus para a humanidade, o dia em que o homem pôde contemplar face a face o rosto de Deus na pessoa do seu divino filho, Jesus Cristo.

Vivenciando, pois, a Epifania do Senhor, a manifestação de Deus em nossas vidas, nós podemos extrair alguns ensinamentos daquele mesmo ato, daquele mesmo evento da visitação dos magos ao Rei menino que acabara de nascer. Sabemos que os magos partiram de uma terra distante, guiados por uma estrela e chegaram ao lugar em que Jesus se encontrava.

Ele nos diz: não tenham medo!

0
0
0
s2smodern

Do Evangelho deste 19º Domingo do Tempo Comum, situado no capítulo 14 do Evangelho de São Mateus, nós podemos extrair duas grande lições para a nossa vida.

A primeira, é que no momento em que Jesus se aproxima da barca em que os discípulos se encontram, onde eles estão passando por um momento difícil, a tempestade, o vento que sopra não é favorável, e os discípulos estão, pois, apavorados e amedrontados. E quando Jesus se aproxima, a palavra que Jesus dirige é a palavra de segurança, palavra de conforto: "não tenham medo, Sou eu". É bom sabermos que nos momentos difíceis da vida, nós devemos, na confiança que temos em Cristo e por meio da fé que professamos, ouvir sempre o que o Senhor tem a nos dizer, e o que Ele nos diz é sempre uma palavra de segurança: não tenham medo!

"devemos deixar tudo para poder viver unicamente o Reino de Deus"

0
0
0
s2smodern

Queridos irmãos e irmãs, homens e mulheres de Deus, que propagam a boa nova e apresentam o rosto atraente de Jesus Cristo, é com muita alegria, fé e confiança em Jesus Cristo, que nós paramos para refletir mais uma vez a palavra que Deus destina aos nossos corações.

Neste domingo tão especial, em que celebramos o décimo sétimo domingo do tempo comum, e que a temática do Evangelho é o Reino de Deus.

Estamos vivenciando o processo catequético de Jesus Cristo, em que nessas últimas semanas, ele tenta nos apresentar o Reino de Deus. Nos levando a compreender que o Reino de Deus não se trata de um espaço físico-geográfico, onde nós podemos dizer "está aqui ou está ali", o Reino de Deus é algo muito bem estabelecido entre o criador e a criatura, entre o nosso coração e o coração de Deus.

Compromisso cristão; unidade dos cristãos.

0
0
0
s2smodern

Queridos irmãos e irmãs, movidos pelo amor e impulsionados pela misericórdia de Deus, paramos para refletir a palavra que Deus nos dirige neste quinto domingo do tempo comum, em que o nosso único e suficiente salvador, Jesus Cristo, por meio de duas metáforas nos ensina a viver a vida e alicerçar a fé.

Disse Jesus: "vós sois o sal da terra; vós sois a luz do mundo". Quais ensinamentos Jesus Cristo quis nos transmitir com as duas metáforas que utilizou?

Logo após as bem-aventuranças, para fazer com os discípulos compreendessem e vivessem melhor o projeto de santidade que Ele apresentou, Jesus se utilizam então das duas metáforas.

Ser sal da terra, tem dois significados para nós, cristãos. O primeiro é conservar. Nós utilizamos o sal para conservar. E o segundo é para dar sabor. Quando Jesus Cristo diz que o cristão deve ser sal da terra, Jesus está nos exortando para que conservemos o Reino de Deus, conservemos a fraternidade, conservemos a fé, conservemos o amor.

Versículo do Dia

Informações


+ Rua São João, 1363, Lagoa Seca, Natal/RN.

+ Tel.: (84) 3615-2871

+ pascom@paroquiasaojoaonatal.org.br

+ Pároco: Pe. Marcelo C. Cruz

+ Secretaria: 08h às 11h | 13h30 às 17h30

Link's Úteis

Arquidiocese de Natal CNBB Vaticano
 Biblia Catolica Radios Net  Radio Sao Joao

 

!-- Piwik -->