Sábado, 12 de Agosto, 18ª Semana do Tempo Comum

Primeira Leitura: Dt 6, 4-13

Moisés falou ao povo, dizendo:4 Escuta, Israel: Javé, nosso Deus, Aquele-Que-É, é o Único. 5 Amarás a Javé, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e com todas as tuas forças. 6 E estas palavras que hoje te ordeno estarão dentro do teu coração. 7 Inculcá-las-ás aos teus filhos e delas falarás, quer permaneças em casa, quer saias de viagem, ao te deitares e ao te levantares, 8 e as atarás como sinal, na tua mão e tê-las-ás por filatérios, entre os teus olhos.

9 Atá-las-ás sobre os batentes da tua casa e sobre as tuas portas. 10 Quando Javé, teu Deus, te introduzir no país que prometeu aos teus pais, Abraão, Isaac e Jacó, para dar-te grandes e boas cidades, que não construíste, 11 casas cheias de toda sorte de bens que não encheste, cisternas que não cavaste, vinhas e olivais que não plantaste: quando comeres à saciedade,12 toma cuidado para não te esqueceres de Javé, que te tirou do país do Egito, da casa da servidão.13 Temerás a Javé, teu Deus, servi-lo-ás, e pelo seu Nome é que haverás de jurar.


Salmo: Sl 17,2-3a. 3bc-4. 47.51ab (R. 2)

R.  Eu te amo, Senhor, que és minha força.

2 Eu te amo, Senhor, que és minha força, 3a que és meu rochedo e minha cidadela!

3bc Deus meu, rochedo meu, em que me abrigo; escudo, fortaleza e salvação! 4 Invoquei o Senhor (a ele glória), pois dos meus inimigos libertou-me:

47 Viva o Senhor, bendito o meu rochedo, meu Deus e Salvador seja exaltado!

51 Concedeste ao teu rei grandes vitórias, mostraste o teu amor por teu ungido, por teu servo Davi e sua Casa!


Evangelho: Mt 17,14-20

14 Quando voltaram para o meio do povo, um homem chegou perto de Jesus e, caindo de joelhos, 15 suplicou: “Senhor, tem piedade do meu filho, que é epiléptico e está passando mal. Muitas vezes cai no fogo e outras tantas na água. 16 Já o apresentei a teus discípulos, mas não puderam curá-lo”. 17 Jesus respondeu: “Geração incrédula e perversa! Até quando estarei convosco? Até quando terei de vos suportar? Trazei-o aqui!”. 18 E Jesus ordenou severamente ao demônio que saísse do menino. E, no mesmo instante, o menino ficou curado.19 Então, os discípulos aproximaram-se, um a um, de Jesus e perguntaram: “Por que nós não o conseguimos expulsar?”.20 Respondeu Jesus: “Por causa da pobreza da vossa fé. Porque eu vos declaro esta verdade: se tiverdes fé, embora só do tamanho de um grão de mostarda, direis a este monte: muda-te daqui para lá! E ele mudará. Nada vos será impossível”.

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Versículo do Dia

Informações


+ Rua São João, 1363, Lagoa Seca, Natal/RN.

+ Tel.: (84) 3615-2871

+ pascom@paroquiasaojoaonatal.org.br

+ Pároco: Pe. Marcelo C. Cruz

+ Secretaria: 08h às 11h | 13h30 às 17h30

Link's Úteis

Arquidiocese de Natal CNBB Vaticano
 Biblia Catolica Radios Net  Radio Sao Joao

 

!-- Piwik -->