Secretaria: (84) 3615-2871 
       

Sábado, 13 de Janeiro/2018 - 1ª semana Tempo Comum

Primeira Leitura: 1Sm 9,1-4.17-19; 10,1a

1 Havia entre os benjaminitas um homem chamado Cis, filho de Abiel, filho de Seror, filho de Becorat, filho de Afiá, de família benjaminita. Era um homem de valor. 2 Tinha ele um filho chamado Saul, jovem e belo. Nenhum dos filhos de Israel era mais formoso do que ele; dos ombros para cima, ele ultrapassava todos do povo. 3 Tinham-se perdido as jumentas de Cis, pai de Saul. E disse a seu filho: “Toma contigo um dos servos, e vai procurar as jumentas”. 4 Eles percorreram a montanha de Efraim e a região de Salisa, e não acharam; pesquisaram a terra de Saalim, e nada; foram à região de Benjamin e nada encontraram. 17 Quando Samuel viu Saul, Javé lhe disse: “Eis o homem de que te falei: ele reinará sobre o meu povo”. 18 Saul abordou Samuel no meio da porta, dizendo lhe: “Ensina-me onde está a casa do vidente”. 19 Samuel tornou-lhe: “Eu sou o vidente. Sobe na minha frente ao lugar de culto, pois hoje comereis comigo. Amanhã te despedirei, revelando-te tudo que tens no coração. 10,1 Samuel tomou um vaso de óleo, e derramou-o sobre a cabeça de Saul; depois beijou-o e disse: “Eis que Javé te ungiu como chefe de seu povo Israel. És tu que regerás o povo de Javé, és tu que o salvarás dos inimigos que o rodeiam. E eis para ti o sinal que Javé te ungiu como chefe de sua herança:

6ª-Feira, 12 de Janeiro/2018 - 1ª semana do Tempo Comum

Primeira Leitura: 1Sm 8,4-7.10-22a

Naqueles dias, 4 reuniram-se os anciãos de Israel e foram ter com Samuel em Ramá. 5 Disseram-lhe: “Eis que tu estás velho e teus filhos não seguem o teu caminho. Dá-nos, então, um rei que nos governe, como o têm as outras nações”. 6 Tais palavras desagradaram a Samuel, por terem dito: “Dá-nos um rei que nos governe!”, e rezou a Javé. 7 Javé, porém, disse a Samuel: “Atende a voz do povo em tudo que te disser. Pois não foi a ti que desprezaram, mas a mim, para que não reine mais sobre eles. 10 Samuel comunicou ao povo, que lhe pedira um rei, as palavras de Javé. 11 Disse: “Estes serão os direitos do rei que vos regerá: porá vossos filhos ao serviço de seus carros e de seus cavalos, e eles correrão diante de seu carro. 12 Usará deles como chefes de mil e chefes de cinquenta; ele os fará lavrar a sua lavoura e colher a sua colheita, fabricar os seus instrumentos de guerra e o equipamento de seus carros. 13 Requisitará vossas filhas para lhe prepararem perfumes e cuidarem da cozinha e do forno. 14 Tomará o melhor das vossas lavouras, vinhas e oliveiras, para dá-lo à sua gente. 15 Dos campos e vinhas que sobrarem reclamará os dízimos, para pagar os seus eunucos e oficiais. 16 Os melhores de vossos escravos e escravas, de vossos bois e de vossos asnos, ele os tomará para os empregar em seus trabalhos. 17 Cobrará dízimos dos vossos rebanhos, e vósmesmos sereis seus escravos. 18 Gritareis, naquele dia, por causa do rei que escolhestes; mas Javé não vos responderá naquele dia!” 19 Mas o povo recusou-se a atender à voz de Samuel, declarando: “Não. Haverá rei sobre nós! 20 Então seremos como todas as nações: o nosso rei nos governará e será nosso chefe nas guerras”. 21 Ouviu Samuel todas as palavras do povo, e comunicou-as a Javé. 22 E Javé lhe disse: “Atende a reclamação do povo, e dá-lhes um rei”. Samuel, então, disse aos israelitas: “Volte cada um para sua cidade”.

5ª-Feira, 11 de Janeiro/2018 - 1ª semana do Tempo Comum

Primeira Leitura:1Sm 4,1-11

1 Ora, naqueles dias os filisteus se reuniram para combater Israel. Israel marchou contra os filisteus para combate: eles acamparam perto de Eben-Ha-Ezer, ao passo que os filisteus acamparam em Afec. 2 Os filisteus se puseram em linha de batalha em face de Israel, e houve um duro combate. Israel foi batido diante dos filisteus e morreram no front, em batalha campal, cerca de quatro mil homens. 3 Quando o povo voltou para o acampamento, os anciãos de Israel disseram: “Por que Javé nos bateu hoje diante dos filisteus? Vamos fazer vir de Silo a Arca de nosso Deus; que ela venha para o meio de nós e nos salve das garras de nossos inimigos”. 4 O povo mandou uma delegação a Silo e trouxeram de lá a Arca de Javé dos exércitos que se assenta sobre os querubins; e os dois filhos de Eli, Ofni e Fineias, estavam lá, junto com a Arca. 5 Quando pois a Arca de Javé chegou ao acampamento, todo Israel lançou uma aclamação tão forte que a terra estremeceu. 6 Os filisteus, ao ouvirem o grito da aclamação, disseram: “Que significa o barulho dessa aclamação no acampamento dos hebreus?” E eles souberam que a Arca de Javé tinha chegado ao acampamento. 7 E os filisteus ficaram com medo, pois eles diziam: “Deus chegou ao acampamento!”. E eles disseram: “Ai de nós! Pois até agora isto não tinha acontecido. 8 Ai de nós! Quem nos libertará destes poderosos deuses? Estes foram os deuses que feriram os egípcios com todas as pragas no deserto. 9 Coragem, sede homens, ó filisteus, para que não venhais a servir aos hebreus, como estes vos serviram. Sede homens e lutai!”. 10 Os filisteus travaram a batalha, e Israel foi vencido, e cada um fugiu para as suas tendas. Grande foi a derrota, e tombaram em Israel trinta mil homens. 11 A Arca de Javé foi capturada, e morreram os dois filhos de Eli, Ofni e Fineias.

4ª-Feira, 10 de Janeiro/2018 - 1ª semana do Tempo Comum

Primeira Leitura: 1Sm 3,1-10.19-20

Naqueles dias 1 O jovem Samuel servia, pois, a Javé diante de Eli. Era raríssimo que Javé falasse naqueles tempos, e as visões não eram frequentes. 2 Ora, um dia Eli dormia no seu quarto; seus olhos enfraquecidos já não enxergavam direito; 3 a lâmpada de Javé não se apagara ainda; Samuel dormia no santuário de Javé, no lugar em que estava a Arca de Javé. 4 Então Javé o chamou. “Samuel, Samuel!”. Ele respondeu: “Eis-me aqui!”. 5 E correu para junto de Eli, dizendo: “Eis-me aqui, porque me chamaste”. Eli retrucou: “Não te chamei; volta e dorme”. Voltou, pois, e foi se deitar. 6 Javé chamou de novo: “Samuel, Samuel!”. Este mais uma vez se levantou e foi ter com Eli, dizendo: “Eis-me aqui, porque me chamaste”. “Não te chamei, meu filho”, disse Eli, “volta para a cama”. 7 Samuel ainda não conhecia Javé, e a palavra de Javé não lhe fora ainda revelada. 8 Pela terceira vez Javé chamou por Samuel. Este se levantou e foi para junto de Eli, 9 dizendo: “Eis-me aqui, porque me chamaste”. Compreendeu, enfim, Eli, que era Javé quem chamava o menino, e disse a Samuel: “Vai deitar-te; e se mais uma vez te chamarem, tu dirás: ‘Fala, Javé, que teu servo escuta’”. E Samuel tornou a deitar-se em seu lugar.10 Javé veio, se deteve, e chamou como das outras vezes: “Samuel, Samuel!”. E Samuel respondeu: “Fala, que teu servo escuta!”.19 Samuel cresceu. Javé estava com ele, e não deixou cair por terra nenhuma das suas palavras, 20 de sorte que todo Israel, de Dan até Bersabé, reconheceu que Samuel era profeta de Javé.

3ª-Feira, 09 de Janeiro/2018 - 1ª semana do Tempo Comum

Primeira Leitura: 1Sm 1,9-20

Naqueles dias, 9 depois de terem comido e bebido, Ana se levantou, enquanto Eli, o Sacerdote, estava sentado na sua cadeira junto ao umbral do santuário de Javé; 10 e, como estivesse aflitíssima, orou a Javé entre lágrimas abundantes, 11 pronunciando o seguinte voto: “Javé dos exércitos, se considerares a aflição de tua serva e te lembrares de mim, não te esquecendo de tua serva, a ponto de lhe concederes um filho homem, eu o consagrarei a Javé por todos os dias de sua vida, e navalha alguma lhe passará sobre a cabeça”. 12 Ora, enquanto ela rezava assim a Javé, Eli observava a sua boca; 13 Ana falava baixinho, e os seus lábios apenas se moviam sem que se lhe escutasse a voz; Eli julgou-a embriagada. 14 Disse-lhe: “Até quando estarás assim embriagada? Vai digerir o teu vinho!”. 15 Respondeu-lhe Ana, dizendo: “Não, meu senhor! Sou uma mulher de espírito atribulado; não bebi vinho nem outra coisa inebriante, apenas desafoguei meu coração diante de Javé. 16 Não consideres tua serva como uma mulher à toa; foi por excesso de tristeza e desgosto que falei até agora”. 17 Disse-lhe Eli: “Vai-te em paz, e que o Deus de Israel conceda o que lhe pediste”. 18 Ela respondeu: “Assim a tua serva encontre favor diante dos teus olhos!”. A mulher foi-se embora, comeu, e o seu rosto já não quedava entristecido. “Deus me deu este filho: eu o consagro a Deus!” 19 Na manhã seguinte levantaram-se muito cedo, adoraram a Javé e voltaram para a sua casa em Ramá. E Elcana se uniu à sua mulher, e Javé recordou-se dela. 20 Ana concebeu e, completados os dias, deu à luz um filho, a quem chamou Samuel, porque a Javé foi pedido.

2ª-Feira, 08 de Janeiro/2018 - Batismo do Senhor

Primeira Leitura: Is 42,1-4.6-7

Assim fala o Senhor: 1 Eis meu Servo que sustenho, meu eleito, preferido de minha alma. Pus sobre ele meu espírito. Ele levará o direito às nações. 2 Ele não gritará nem elevará o tom, nem fará ouvir sua voz nas ruas. 3 Ele não quebrará o caniço rachado nem apagará a chama vacilante. Ele proclamará com firmeza o direito, 4 sem cansar-se nem desfalecer, até implantar a justiça na terra, pois as ilhas esperam o seu ensino.6 “Eu, Javé, chamei-te na justiça, tomei-te pela mão, formei-te e te destinei a ser a aliança do povo e a luz das nações, 7 para abrir os olhos dos cegos, para fazer sair os cativos da prisão, e da masmorra os que habitam nas trevas.

Versículo do Dia

Informações


+ Rua São João, 1363, Lagoa Seca, Natal/RN.

+ Tel.: (84) 3615-2871

+ pascom@paroquiasaojoaonatal.org.br

+ Pároco: Pe. Marcelo C. Cruz

+ Secretaria: 08h às 11h | 13h30 às 17h30

Link's Úteis

Arquidiocese de Natal CNBB Vaticano
 Biblia Catolica Radios Net  Radio Sao Joao

 

!-- Piwik -->